quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Nuestros Amantes|2016

Nuestros Amantes|Our Story
Peguei neste filme por sugestão do Netflix, e fiquei rendida àquela história desde o início. Quando pensas que um filme não te pode surpreender mais, ele consegue. É espanhol e dei por mim a perguntar-me porque é que não dou mais oportunidades ao cinema espanhol.
Este romance é protagonizado por Eduardo Noriega e Michelle Jenner, e equiparo-o bastante à trilogia de Before (Sunrise, Sunset, Midnight), tirando o limite de tempo.
A premissa é bastante simples, encontram-se numa livraria, e Irene (Jenner) estabelece as regras para o "jogo"com Carlos (Noriega), entre elas está o não uso de telemóveis, não saberem o nome um do outro ou qualquer outra informação que os denuncie, a principal regra é não se podem apaixonar.
“-Parece increíble creer que alguna vez me quisiste a juzgar por tus palabras.
 -Parece increíble creer que me quisiste a juzgar por tus actos.” 
 Este romance destaca-se dos outros porque não segue a típica atracção física, é mais uma atracção baseada nos diálogos e no engenho, e isso foi o que me fez ficar agarrada ao ecrã.
Quando Irene dita as regras acho que nós, expectadores também as temos de aceitar, se não o filme vai soar-nos um pouco ridículo, como é o amor.

2 comentários

  1. Eu nem consegui ver Sunrise até ao fim. Também nunca dou nada pelos filmes espanhóis. Vou tentar esse. Beijinhos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como assim? É tão perfeito a trilogia Before. Tenta mais uma vez. E deste também vais gostar, vais ver.

      Eliminar

© the washing machine.
Maira Gall